Drive-in Rio

1/6

O projeto Drive-in Rio foi desenvolvido a partir do projeto Drive-in que o precede, realizado em 2010 em Copenhagen pelo coletivo Wunderkammer com apoio do Conselho de Artes da Dinamarca. 

O evento, inédito no Brasil, foi apresentado em 2012 como parte oficial dos eventos culturais da Rio +20, foi realizado através do Ministério da Cultura na Praça Mauá - Rio de Janeiro. O espaço de cerca de 1.800m2 foi ambientado com cerca de 15 automóveis-sucata e dezenas de projetores e artefatos tecnológicos que serviam de base para o trabalho de diversos artistas. Performances eram realizadas ao redor dos carros, em espaços internos com imagens projetadas em janelas, e através de transmissões de áudio dentro ou fora dos carros.

 

Entre as técnicas apresentadas nessa exposição viva tivemos: performances, design, instalação, cinema, shows, teatro, poesia, animação, obras multimídias e projeções em videomapping.  

As novas tecnologias também convidam o público para participar de cada intervenção artística - um dos objetivos principais do projeto. A discussão sobre as relações do Homem e das cidades com os automóveis, tendo como foco a sustentabilidade, possibilitando o encontro de diferentes linguagens, promove a reflexão do público e permite que os visitantes contribuam ativamente com as performances que acontecem no evento.

 

Reunindo elementos simbólicos e de grande atração popular - carros, cinema, teatro, show, música - as discussões sobre grandes dilemas da modernidade ganham espaço naturalmente nas apresentações, sem hermetismos. Cada visitante é capaz de se divertir, refletir e apreender uma importante mensagem sobre seu tempo e seu papel diante do futuro.

 

Consumo, mobilidade urbana, matrizes energéticas, crescimento sustentável, globalização, os caminhos do entretenimento e da arte, entre outros, orbitarão as experiências sensoriais e os discursos presentes na exposição. Essa discussão contemporânea que se desdobra em plataformas de vanguarda e que foi muito bem aceita e divulgada pela imprensa.

Clique aqui e assista ao vídeo.

Ficha Técnica

 

Realização

WUNDERKAMMER LATIN AMERICA

 

Curadoria

Luke Cooper

Samuel Moore

Lucas Margutti

 

Direção de Produção

Maibrit Thomsen

Ana Paula Gutierrez

Luiz Prado 

 

Assessoria de Imprensa

Armazém Comunicação

 

Coordenação de Produção

Suêmi Terra

 

Assessoria de Produção

Yolanda Maria Barroso

 

Coordenação de Monitoria

Bianca Siqueira

 

Estagiário

Troels Dyhrman

 

Direção de Arte

Alex Gregório

Alex Lemos (1º assistente)

Antônio Brum (2º assistente)

Marcio André (produtor de veículos)

 

Coreografia

Édio Nunes

 

Programação Visual

Samuel Moore

 

Consultoria de Marketing

BIRDS - Mariana Goulart

 

Consultoria Técnica de Som

Yan Saldanha

Andre Saisse

 

Fotografia

Viviane Rangel

 

Making Of

Mateus Thiago

 

Sonorização

Gramophone - Branco Ferreira

 

Iluminação

Cesar de Ramires

 

Eletricistas

Marcio de Araújo

Marcos Vinícius

 

Temporada​

Armazém da Utopia 

13 Junho a 22 Junho 2012

Clipping

Confira aqui o que foi notícia sobre este evento.